domingo, 31 de março de 2013

Umarizalense provoca Acidente com ônibus em São Paulo, três pessoas morreram e 27 ficaram feridas

Um grave acidente de ônibus, da Viação Cometa, matou três pessoas e feriu 27, no interior de São Paulo. O motorista acusou um passageiro de avançar sobre o volante.

O acidente aconteceu em uma reta da rodovia Anhanguera, no município de Vinhedo. Um trecho onde o índice de acidentes é praticamente zero, de acordo com a Polícia Rodoviária. O ônibus da Viação Cometa ia da capital e seguia para Campinas.

O motorista Genaldo Gomes afirma que estava dirigindo, quando um passageiro muito nervoso avançou no volante. "Eu vinha pilotando e do nada ele saiu e puxou a direção."

O ônibus caiu em uma ribanceira. Entre as pessoas que morreram estava passageiro suspeito de ter provocado a tragédia. As pessoas feridas e foram encaminhadas para hospitais da região.

“Pelas marcas que nós vemos de adentramento pelo guard rail e até mesmo no gramado significa mesmo que houve um desbordo no volante muito forte, fazendo com que o ônibus ingressasse nessa direção”, diz o policial rodoviário, capitão Vladimir Ribeiro.

Peritos estiveram no local tirando fotos e o laudo deve ficar pronto em 30 dias. A Viação Cometa informou que também vai apurar as causas do acidente.
O suspeito de ter puxado o volante do ônibus que caiu na ribanceira é Francisco Rômulo de Oliveira, de 25 anos. Francisco Rômulo é umarizalense, e foi apontado pelo motorista e por passageiros do ônibus como o possível causador do acidente. A Polícia Civil investiga a denúncia de que ele teria tentado puxar o volante do condutor antes de o veículo tombar e causar a morte do jovem e de outras duas pessoas.

Do Jornal O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário