Contatos

Contatos

domingo, 23 de outubro de 2011

Momento saúde com o enfermeiro Willy

http://2.bp.blogspot.com/-S4j5VRiMoAY/Th4f6bEIBXI/AAAAAAAAAlc/4nvBcn8T3_0/s250/imagem%2Bmomento%2Bsaude.bmp
Com a criação da Política Nacional de Saúde do Homem que tem como objetivo facilitar e ampliar o acesso da população masculina aos serviços de saúde tem-se cada vez mais a necessidade de abordar e discutir doenças comuns no universo masculino. Percebendo tamanha importância da conscientização sobre tais problemas, o MOMENTO SAÚDE aborda uma doença que atinge grande parcela do sexo masculino. O Câncer de Próstata.

O QUE É CÂNÇER DE PRÓSTATA?
Câncer de Próstata é uma doença que provoca o crescimento anormal e incontrolado das células da próstata. No Brasil é o segundo mais comum entre os homens.
Alguns desses tumores crescem de forma rápida espalhando-se para outros órgãos, porem a maioria cresce de forma lenta que não apresenta sinais clínicos durante a vida do homem. Assim como varias outras doenças, quando detectado no inicio as chances de cura são elevadas.

O QUE CAUSA O CÂNCER DE PRÓSTATA?
Ainda não se sabe com exatidão a causa desse tipo de câncer. Pesquisas sugerem uma combinação de fatores hormonais, genéticos, hábitos alimentares e condições ambientais que podem influenciar o seu desenvolvimento. Idade acima de 50 anos, pessoas de raça negra e vida sedentária também fazem parte desses fatores de risco.

QUAIS OS SINTOMAS?
A maior parte dos cânceres de próstata cresce lentamente, o que leva muitos pacientes a não apresentar nenhum sintoma, já outros homens apresentam sintomas como: dificuldade de urinar, necessidade de urinar varias vezes durante o dia e a noite, sensação de não esvaziar bem a bexiga, perda de peso, anemia e ínguas (adenopatias) no pescoço e na região inguinal. Na fase avançada pode surgir dor óssea, infecção generalizada ou insuficiência renal.

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO?
Exames clínicos e laboratoriais são realizados para detectar o câncer de próstata, vejamos abaixo:
 PSA - é um exame de sangue na qual será medida a quantidade de antígeno prostático, o mesmo deve ser realizado anualmente a partir dos 45 anos.
TOQUE RETAL – deve ser realizado uma vez por ano pelo medico, esse teste é importante, pois pode detectar o câncer no homem que apresenta níveis normais de PSA.
ULTRASSOM TRANSRETAL – detecta tumores pequenos ou localizados em áreas da próstata não alcançadas pelo toque retal.
BIÓPSIA – consiste na retirada de uma amostra de tecido de varias partes da próstata para confirmar a doença e saber em que estagio ela se encontra.

TRATAMENTO
A escolha do tratamento adequado é individualizada e dependente da idade do paciente, o estagio que se encontra a doença, o tamanho da próstata, estadiamento do tumor e etc.
CIRURGIA – A prostatectomia radical (retirada de toda próstata) é indicada para tumores malignos restrito á próstata, ou seja, que ainda não tenha invadido outros órgãos como bexiga, uretra e etc.
RADIOTERAPIA – pequenas quantidades de radiação são lançadas sobre áreas cancerosas com o intuito de eliminá-lo. É mais indicado para tumores que não tenham condições serem retirados por cirurgias ou em casos em que o paciente não tem condições clinicas de ser operado.
TERAPIA HORMONAL – medicamentos são utilizados para bloquear a produção de hormônio masculino e com isso desacelerar o crescimento do câncer. Esse método é mais eficaz quando utilizado em combinação com a radioterapia.

COMO SE PREVENIR?
Os hábitos alimentares, a falta de exercícios físicos tem importante influencia no desenvolvimento do câncer, com isso a manutenção de hábitos alimentares saudáveis como o consumo de frutas, legumes, grãos e cereais integrais e a redução na ingestão de gordura podem diminuir os riscos de ter câncer, como também de outras doenças crônicas não transmissíveis. As consultas de rotina ao urologista para examinar a próstata é sem duvida uma importante medida.

WILLY RÊGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário