Contatos

Contatos

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Fátima defende investigação “ágil e rigorosa” sobre caixa 2 do DEM

A deputada federal Fátima Bezerra defendeu na manhã desta quinta-feira uma investigação ágil, profunda e rigorosa sobre a denúncia de tráfico de influência e Caixa 2 envolvendo o DEM potiguar.
A petista aproveitou para admoestar o senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM. “A Polícia Federal está fazendo o seu papel. Na hora em que o Ministério Público toma a decisão de reabrir o caso, o que se espera é uma investigação rigorosa e profunda e que a verdade venha à tona”, disse a petista.

Fátima disse que, “ao contrário do presidente do DEM, senador José Agripino, que quando aparece uma denúncia envolvendo o PT ou um partido aliado, se apressa em julgar e condenar, nós vamos aguardar o resultado do processo investigatório, que esperamos seja ágil”, completou. “Quem for inocente será inocentado. Quem for culpado, que pague com os rigores da lei”, disse.

Segundo Fátima Bezerra, “tanto as denúncias de tráfico de influência como de Caixa 2 do DEM devem ser investigadas”. Ela ressaltou a credibilidade das instituições responsáveis pela abertura das investigações. “As instituições Polícia Federal, Ministério Público estão no estrito cumprimento dos seus deveres. E a sociedade espera que o processo investigatório traga à tona os devidos esclarecimentos acerca desse nebuloso episódio”.

Jornal de Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário